quarta-feira, 19 de abril de 2017

O ALAGOANO CÉLIO ROBERTO – O CANTOR CIGANO




1955/1956 – Nessa época eu estava servindo a Aeronáutica. Entre os novos amigos, um se destacava: Célio Mousinho. Servimos juntos, eu pela altura e Célio que, além de altura, tinha um excelente porte físico. Por essa razão fomos escolhidos para servir na PA (Polícia da Aeronáutica).

Durante esses dois anos eu, o Uchôa 096 e o Célio, o Mousinho 078, vivemos uma forte amizade. Célio, vez por outra, nos surpreendia com sua bela voz, cantando (mesmo sem acompanhamento musical) de preferência os sucessos italianos do momento.

Em 1956 terminava o nosso período de servir à pátria e voltamos à vida civil. Cada um para o seu lado. Não mais nos vimos. 26 anos depois, em 1982, eu estava exercendo minha função de diretor de programação da Rádio Difusora de Alagoas e, numa das viagens a São Paulo, a fim de gravar umas vinhetas para a programação, tive a feliz oportunidade de reencontrar meu amigo, agora o Célio Roberto, já com discos gravados e sucessos nas emissoras de rádio e televisão. Nosso encontro na capital paulista se deu em sua residência. E a conversa girou em torno da nossa vida militar e, claro, como estávamos atualmente.


De lá para cá, não vi mais o Célio e perdi novamente o contato com ele. Somente esta semana o descobri no Facebook. De imediato lhe enviei uma solicitação de amizade, que foi recebida por ele e estou aguardando outras notícias que, na certa,  virão do amigo. 
                   
Soldado Uchôa

Nenhum comentário:

Postar um comentário