sábado, 2 de fevereiro de 2013

E O DESRESPEITO AOS IDOSOS CONTINUA





Já falei sobre esse assunto, tanto no face como aqui  no meu blog. Mas, após encontrar esta imagem que reflete bem o que acontece nos ônibus, resolvi voltar ao assunto. Tenho observado, e acredito que também os meus amigos idosos que utilizam o transporte coletivo, a falta de respeito de alguns jovens e pessoas com certa idade no que se refere à ocupação dos assentos preferenciais que, por Lei, são destinados a pessoas idosas (a partir de 65 anos), gestantes e deficientes. Geralmente são seis cadeiras que ficam localizadas na parte da frente dos coletivos (em Maceió já observei ônibus com 5 lugares e outros com 7). Pois bem, é comum você subir num desses ônibus e encontrar jovens ou pessoas com idade inferior ao que pede a Lei, instalados confortavelmente e alguns, podem acreditar, fingindo estar dormindo. E os idosos, talvez com medo de represálias ou por educação, não exigem da tal pessoa o seu direito ao assento (eu, pelo menos não me atrevo), viajando em pé até o seu destino. E o mais incrível: já observei também, muitas vezes, que o dorminhoco “acorda” justamente ao se aproximar a sua hora de descer. E aí, paga a sua passagem, passa pela catraca e desce com a cara mais lisa do mundo. Reclamar? Pra quê? Educação vem de berço. Vale salientar que já encontramos muitas pessoas que realmente se levantam e oferecem o lugar para um idoso ou gestante, mas isso é a minoria. Se houvesse uma fiscalização das empresas (no Recife isso foi feito logo no início, mas acabou) a coisa seria bem diferente. Feito, mais uma vez o registro, apenas por desabafo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário