segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

RECIFENSE: SE PUDER, AJUDE NESTE PROTESTO


Ação em prol de animais abandonados

Defenda os pobres animais abandonados
02/12/2012 01:03 - Geison Macedo


Entidades de defesa dos animais promovem nesta terça-feira um protesto contra a declaração do gerente do Programa de Saúde do Recife, Otoniel Barros, publicada no portal FolhaPE, em matéria da série Internauta Cidadão, sobre animais abandonados, que foi ao ar na última quarta-feira. Na ocasião, o dirigente municipal sugeriu à população não alimentar os bichos, para que assim eles procurem outros lugares para habitar. O posicionamento da Prefeitura do Recife provocou a ira de protetores e defensores da causa. Na última sexta-feira, o governo municipal foi novamente procurado, após a repercussão da reportagem, mas manteve a mesma posição.
A mobilização, programada para começar às 9h, será realizada no Mercado Público de Afogados, alvo da reportagem. No local, a equipe constatou a presença de cães e gatos abandonados. Os organizadores convocam a população a vestirem preto. “Será um ‘protesto do bem’, pacífico, onde haverá distribuição de ração aos animais. Vamos agir justamente da forma contrária a que sugeriu o dirigente municipal”, explica a coordenadora do Movimento de Defesa dos Animais de Pernambuco (MDA-PE), Maria Goretti Queiroz.
Além de criticar a postura do município, a manifestação também terá o objetivo de auxiliar os animais. “Vamos analisar a situação deles do mercado. Queremos que a Prefeitura do Recife cumpra o papel de resgatar os animais das ruas, oferecer bons tratos e colocá-los para doação”, completa a coordenadora.
Procurados pelo FolhaPE, a Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público de Pernambuco repudiaram o posicionamento do governo municipal, que disse ainda ter “a obrigação de recolher os animais caso apresentem risco à saúde dos seres humanos”. “O Estado é responsável por eles sim. E o município, que faz parte dele, jamais poderá se eximir da responsabilidade, recolhendo, alimentando e colocando os animais para adoção”, alegou a promotora Andrea Karla Reynaldó, integrante do Grupo Legal de Defesa Animal do MPPE.
Fonte: FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário