sexta-feira, 31 de agosto de 2012

MAIS UM IMPORTANTE ARTIGO DO DR. MILTON HÊNIO

TRANSCREVO, PARA MEUS LEITORES, MAIS UM IMPORTANTE ARTIGO PUBLICADO POR ESSE EXCELENTE MÉDICO AMIGO, DR. MILTON HÊNIO NAS PÁGINAS DA GAZETA WEB:







13 ago
Nos tempos modernos uma boa parte das pessoas vive acompanhada de um inimigo persistente que lhes rouba a tranqüilidade de espírito, impede-as de conciliar o sono, produz a perda de humor e acarreta o surgimento de doenças pela quebra do seu sistema imunológico. Chama-se preocupação. Preocupar-se significa sofrer antes do tempo. Diz o Dr. Hans Selye, médico austríaco que criou o termo “estresse”, que a maior parte de nossas preocupações são juros pagos adiantadamente. No meu consultório vejo isso diariamente quantas mamães sofrem só em pensar que o filho pode estar com leucemia, porque um parente teve a doença; e não tem nada a ver. Pais preocupados criam filhos preocupados. A preocupação é uma invasão do futuro cujas ameaças estão apenas na nossa imaginação. Tenho amigos e clientes que me dizem: “sei que é errado, mas não consigo deixar de me preocupar”. Havia uma revista há alguns anos que tinha uma página cujo titulo era: “Rir é o melhor remédio”. Inegavelmente há muita verdade nesse titulo. O Dr. Pierre Vechet, um famoso psiquiatra francês já falecido, costumava usar de um expediente para forçar seus pacientes tensos a rir. Pedia-lhes que pronunciassem, frente a um espelho, a palavra “chesse” que em inglês significa “queijo”. O rosto contraído pelo esforço de pronunciá-la provoca invariavelmente, o riso. E então você relaxa.
Quando você se preocupa exageradamente sem motivo, seus pensamentos se voltam para as possíveis más conseqüências que advirão. Tem pessoas que vivem de preocupações crônicas, tenha ou não motivos para isso. Se as coisas estão indo muito bem ele se preocupa com a possibilidade de virem a causar mal. Se está gozando de boa saúde ele inquieta-se pensando na possibilidade de adoecer. O grande segredo para evitar que as preocupações nos assaltem é procurar viver cada dia em plenitude, agradecendo a Deus o momento presente, olhando a beleza do poente, do luar e do canto da passarada. Não devemos andar inquietos pelo amanhã. O próprio Cristo já sentia naquele tempo que as preocupações invadem a nossa vida e disse no belíssimo Sermão da Montanha: “Não andes ansiosos pela vossa vida. Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo vosso Pai celeste as sustentam”.
Vamos viver com alegria cada momento de nossa vida procurando sem sofrimento as soluções que irão ser encontradas para cada problema, na certeza de que um grande Amigo está pronto para nos ajudar na solução de todos eles: “Vinde a Mim todos os que estão cansados e oprimidos e EU vos aliviarei”. 

 UM BOM FINAL DE SEMANA PARA TODOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário