segunda-feira, 31 de outubro de 2011

CÃO SOBREVIVE À PENA DE MORTE


Esta matéria recebí do amigo Luis Carlos Reis. Ainda bem que, no Recife, o governo aboliu a "eutanásia" com animais. Esse caso aconteceu em Florence, no estado do Alabama (EUA):

Daniel,o cão que resistiu à pena de morte


O Beagle chamado “Daniel” e outros cães foram colocados na câmara de gás,  pois ninguém havia se interessado em adotá-los. A prática é comum em abrigos de animais, já que muitos deles sofrem com a superlotação. No entanto, quando um agente voltou ao local, “Daniel” ainda estava vivo. “Todos estavam mortos, exceto “Daniel”, que estava abanando o rabo”, disse Linda Schiller,membro de um grupo que resgatou Daniel e o levou para Nova Jersey. “É um milagre”, destacou ela. Segundo o órgão de controle de animais de Florence, “Daniel” foi colocado na câmara de gás com outros cães para um ciclo programado de 17 minutos. Grasso disse ainda que é bastante incomum que um animal sobreviva. No entanto ele destacou que é política do abrigo que o cão ganhe uma segunda chance se isso acontecer. “Daniel” foi levado ao veterinário para se certificar de que ele estava bem. Como sua saúde estava boa, o órgão começou a procurar um lar para ele.













Nenhum comentário:

Postar um comentário