sexta-feira, 24 de setembro de 2010

TÚNEL DO TEMPO V




Estádio da Ilha do Retiro


O ano era 1975. Em Maceió não se falava em outra coisa, que não fosse a inauguração da TV Gazeta, Canal 7.O slogan definia melhor a ansiedade da população alagoana: Tv Gazeta, a nossa – “valeu a pena esperar”. Setembro de 1975. Alagoas ganhava a sua primeira emissora de televisão. Transferido da Rádio Gazeta para a Tv, atendendo a um convite do diretor geral Pedro Collor de Mello, assumi a direção de produção do Canal 7, após um estágio que fiz na Tv Globo do Recife. E como tudo era novidade para nós, o trabalho foi árduo e intenso e íamos aprendendo com o passar do tempo, com algumas falhas é claro, mas com muita força de vontade, com a nossa equipe procurando se entrosar cada vez mais no desafio de uma nova experiência. Um desses desafios foi transmitir partidas de futebol, envolvendo times alagoanos, ao vivo para toda Alagoas. Para quem estava começando, o desafio era uma temeridade, mas foi aceito com sucesso, diga-se de passagem. E seguimos em frente. Definida a parte técnica, a escolha do narrador esportivo para as transmissões foi aceita, por unanimidade, e o convite foi feito a Arnoldo Chagas, dono de uma belíssima voz e muita experiência na área esportiva. Fizemos várias transmissões em Maceió, mas a primeira e a que causou maior emoção a  toda nossa equipe foi a que realizamos direto do Estádio da Ilha do Retiro,  em Recife. A dificuldade naquele tempo era tanta, que lembro muito bem de alguns momentos emocionantes vividos naquela noite. Arnoldo Chagas, através de linha telefônica, fazia seus contatos com a retaguarda técnica, antes da transmissão ir para o ar. E a emoção foi maior quando o sinal foi dado ao Arnoldo, pela referida linha, após a abertura da jornada: “...é com você agora, Arnoldo”. E o sinal colorido do estádio da Ilha do Retiro apareceu no ar, tendo no áudio a voz bonita e vibrante do primeiro locutor esportivo de Alagoas a transmitir uma partida de futebol pela primeira emissora de televisão de Maceió: Arnoldo Chagas. Vibração geral nos estúdios, o riso estampado em toda a equipe, alegria total do nosso diretor Pedro Collor: “Valeu, Rômulo”- foi a frase emocionante do Pedro. E como fazer,  para dar replay nos gols da partida, ou aos melhores lances ? A técnica deu o seu jeito: colocava o vídeo tape na posição de exibir o lance no ar e, pelo retorno da linha telefônica, eu falava: “Arnoldo, pode chamar o lance agora”. E enquanto o lance ia para o ar nós conversávamos rapidamente com o Arnoldo, combinando os próximos passos, isso, sem que o telespectador ouvisse o nosso papo pela linha telefônica. Hoje ficamos a imaginar a dificuldade daquela época e a facilidade dos dias atuais. Mas a nossa missão era cumprida com muito orgulho e alegria para toda a equipe. Chegamos ainda a transmitir muitas outras partidas de futebol em Alagoas . Eram os primeiros passos da TV Gazeta de Alagoas “a nossa”, era este o seu slogan.
Este comentário foi publicado no site do Arnoldo Chagas – http://www.varandadeipioca.com.br/ no dia 22 de junho de 2009.


Nenhum comentário:

Postar um comentário