quarta-feira, 15 de setembro de 2010

TÚNEL DO TEMPO IV

Teatro Deodoro no seu início

                                                 Tomando conhecimento através dos jornais de Maceió da reabertura do Teatro Deodoro nesta quinta-feira, dia 16 – emancipação política de Alagoas- veio à minha memória o ano de 1975. É para onde vamos viajar hoje através do Túnel do Tempo.Ano da inauguração da Tv Gazeta de Alagoas, a nossa. Depois de alguns meses de inaugurada a TV Gazeta investiu na sua programação local,  ao vivo. Foi um desafio que o saudoso diretor geral Pedro Collor aceitou. E um dos programas foi comandado pelo nosso querido e também saudoso Luiz Tojal. Chamava-se SÁBADO MAIOR, transmitido ao vivo direto dos estúdios da Tv Gazeta, com câmeras ainda  em preto e branco. O programa apresentava diversas atrações musicais, entrevistas, brincadeiras tudo feito com muito carinho pela equipe que ajudava Tojal. Lembro que os câmeras eram Chaves e Cícero Pires; no suíte as  atuações  brilhantes de Canetinha e Luis Antônio, este conhecido como Alagoas; no tele-cine Geraldo Vitório; na sala de vídeo tape Juvino, o popular Touro, já falecido. Houve uma ocasião em que o programa foi transmitido direto do Teatro Deodoro, ao vivo. Mas, sabem vocês como era este “ao vivo”? O setor técnico levou para o Teatro Deodoro um gravador de vídeo cassete. O programa ia sendo gravado e à medida que a fita chegava ao término (durava cerca de 30 minutos ou mais, não lembro) era entregue a um motoqueiro devidamente contratado para levá-la imediatamente  para a  Tv  Gazeta, na Avenida Aristeu de Andrade onde o operador já estava à sua espera para colocá-la no ar...E assim seguiu o programa até o seu final. Um sucesso na época, tendo a direção recebido inúmeros parabéns pelo feito. São momentos como este que a gente recorda com muita saudade. É por esta razão que escolhi este tema para ilustrar hoje o meu Túnel do Tempo. As fotos mais antigas são do arquivo do Pedro Macêdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário